Como empreender no setor de delivery: 4 dicas poderosas

Saber como empreender no setor de delivery é uma das informações mais importantes que você pode ter no momento, caso tenha o desejo de abrir um restaurante, lanchonete, bar, pizzaria ou outro empreendimento da área. Isso porque, seja via aplicativos de delivery como o Rappi, seja com delivery por conta própria, saber como atuar nesse mercado pode ser muito importante para o seu negócio dar certo.

Na prática, atualmente o mercado de delivery foi responsável por manter muitas empresas de alimentação abertas. Não fosse por ele, o número de bares e restaurantes que faliram na pandemia (que já foi alto), seria muito maior. Por isso, é importante saber como usar o delivery a seu favor para empreender do jeito certo, especialmente em cidades com alta densidade demográfica.

E aí, quer aprender como empreender no setor de delivery? Então confira a seguir x dicas que ajudarão nisso!

4 dicas para aprender como empreender no setor de delivery

1. Escolha sua localidade com atenção

O primeiro ponto a ter atenção ao trabalhar com o setor de delivery é escolher a sua localização com muita atenção. Afinal de contas, todos os aplicativos do segmento usam a localização dos usuários e das empresas em consideração na hora de organizar quem aparecerá para quem.

Por exemplo, suponha que você tenha aberto uma pizzaria na Vila Madalena, um bairro de São Paulo. Sua pizzaria terá prioridade para aparecer para usuários que sejam da Vila Madalena ou de bairros ao redor, em um raio de alguns quilômetros. Já para clientes que sejam de fora desse raio, a pizzaria não aparecerá com tanta frequência.

Pode ser que o seu negócio seja recomendado pelos aplicativos mesmo fora do raio de alcance? Sim, claro. Mas são situações mais raras, em que o usuário faz uma busca específica por você ou a concorrência para aquele produto em específico é muito pequena.

Por isso, vale a pena encontrar um local para a sua empresa que fique localizado em uma região de alta densidade demográfica para destaque para um maior número de clientes em potencial.

2. Entenda que você não precisa atender presencialmente

Na hora de montar um bar ou restaurante, é comum pensar em alugar espaços que permitam que você atenda as pessoas em mesas, no modelo mais tradicional de negócio. No entanto, se você trabalhar com delivery, isso não é obrigatório.

Pois é: hoje em dia, as dark kitchens são tendência e modelo de negócios para muitas e muitas empresas no Brasil inteiro. Se você não conhece o conceito, nós explicamos: uma dark kitchen é um restaurante (ou cozinha) que atende apenas via delivery, muitas vezes assumindo diferentes nomes comerciais. Por exemplo, a “Pizzaria Trebbiani” e a “Hamburgueria Geller” podem ser a mesma empresa, atuando na mesma cozinha, com a mesma equipe e os mesmos equipamentos. Afinal, eles atendem apenas via delivery mesmo.

3. Limite os itens no seu cardápio

Uma dica de ouro para conseguir ter mais sucesso no delivery é limitar o seu cardápio, especialmente em termos de ingredientes. Isso é importante pois permite que você tenha um planejamento melhor, o que gera maior segurança financeira.

Por exemplo, suponha que você tem um prato no seu cardápio que pede o uso de tilápias. É o único prato com elas. Se você não sabe quantos pedidos terá com esse prato, então ficará mais difícil comprar a quantidade adequada de tilápias para o seu negócio. Considerando também que elas ultrapassam a validade muito rapidamente, você pode perder muitos ingredientes.

Por isso, simplifique os pratos e limite as opções para ter um planejamento facilitado, reduzindo custos e evitando desperdícios de ingredientes na sua cozinha.

4. Proponha combos

Uma maneira de lucrar mais no delivery é ao aumentar o valor agregado de cada prato vendido pela sua empresa. Isso pode ser feito pela venda de “combos”, combinações de pratos para oferecer ao cliente uma experiência melhor por um preço menor.

Por exemplo, o famoso combo de lanche + batata-frita + refrigerante é muito lucrativo para a empresa. Isso porque o lucro agregado que a batata e o refrigerante (que são relativamente baratos para o negócio) geram é muito alto. Essa estratégia é conhecida como cross-sell.

Assim, estude bem os seus produtos no cardápio e veja como pode montar combinações que tragam maior valor agregado aos seus clientes, ao mesmo tempo que aumentam a sua lucratividade. Só garanta que você venderá todos os itens em separado também, para evitar acusações de venda casada.

Pronto! Agora que você viu essas dicas, já pode dizer que sabe como empreender no setor de delivery. Essas informações são apenas a base do que você precisa ter em mente para ter sucesso nessa área. O resto, você aprenderá na prática, quando colocar a mão na massa para começar a produzir e atender os seus primeiros clientes. Tenha em mente que as regras do delivery não são as mesmas do atendimento presencial e estude muito para ter sucesso. E aí, gostou do conteúdo? Comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!