E-commerce: como começar a criar o seu?

Com o aumento das vendas online, muitos empreendedores estão investindo em lojas virtuais. Para ter bons resultados a curto, médio e longo prazos, é importante ficar de olho nas soluções em e-commerce, seguindo dicas que levam a um investimento certeiro.

Afinal, mesmo com o bom cenário do mercado, a rentabilidade só acontece quando a profissionalização é valorizada, do planejamento do site à divulgação dos produtos.

Planeje o investimento

A primeira dica para montar um e-commerce é realizar o planejamento estratégico do negócio. Faça uma análise sobre o seu orçamento e quanto poderá ser investido, considerando uma reserva para sobreviver nos primeiros meses. Esse passo é fundamental, pois pode levar um tempo até as vendas deslancharem.

Em seguida, crie metas e veja a possibilidade de contar com possíveis sócios. Caso você já tenha uma renda fixa e emprego, analise quantas horas serão direcionadas à renda extra.

Muitas pessoas estão encontrando nas vendas online um meio de melhorarem o faturamento, mas é preciso estudar todas as demandas que o e-commerce exige, como logística, empacotamento, anúncios, campanhas etc.

Defina seu produto e seu público

Após o planejamento, chega a etapa da definição do seu plano de negócio. Para obter sucesso, é preciso definir produtos que você conheça e reunir informações suficientes sobre eles para poder fazer a divulgação adequada. Além disso, é necessário saber quem será o seu cliente potencial.

A dica é saber os hábitos de consumo, média de renda, preferências, idade, profissão e estilo de vida, elaborando uma estrutura da sua persona, um público-alvo mais segmentado. Dessa maneira, as campanhas serão mais direcionadas e você poderá escolher produtos que estejam sintonizados com os desejos dessas pessoas, sempre criando boas experiências para os clientes.

Busque um parceiro ideal

Para montar um site de e-commerce com interface intuitiva, boa acessibilidade, distribuição adequada das imagens e facilidade de compras, nada melhor do que contar com um parceiro que entenda do assunto.

Portanto, busque uma agência que domine a elaboração de lojas virtuais, com cases de sucesso, e que contenha profissionais qualificados, tanto de Tecnologia da Informação (TI) quanto de Marketing.

Afinal, o índice de concorrência é alto no mercado. Ou seja, amadores acabam ficando para trás, deixando de vender em uma proporção que seja rentável e motivadora. Veja algumas ações que uma agência auxilia em seu e-commerce:

  • criação do logotipo;
  • identidade visual;
  • tema do site;
  • espaço para contato;
  • formas de pagamento;
  • área destaque para banners.

Inclusive, ao escolher um prestador desse serviço que domine o ramo, seu negócio digital terá as opções de pagamento bem configuradas, aspecto que está totalmente ligado à experiência do cliente e que aumenta as chances de boas avaliações.

Se uma pessoa perde muito tempo em uma compra e vê falhas nos processos, certamente a negociação não será concretizada, trazendo avaliações negativas nas redes sociais. Essa mancha na imagem digital pode ser um verdadeiro tiro no pé em seu e-commerce.

Produza conteúdos relevantes

A divulgação do seu negócio é uma forma de atrair clientes. Para isso, vale a pena produzir conteúdos digitais relevantes e inéditos que estejam sintonizados aos assuntos com que sua persona se identifica.

Portanto, é importante criar um blog para postar conteúdos sobre temas que falem sobre os produtos vendidos, com dicas que estimulem o interesse e aumentem o desejo de compra.

Elabore campanhas promocionais

A utilização das redes sociais para a divulgação do seu negócio é fundamental. Isso porque as pessoas estão bem ligadas nas postagens, principalmente de temas que despertam seus interesses.

Invista no Marketing digital e acompanhe as métricas para sempre tomar decisões baseadas em dados. Entre as ações, você deve priorizar:

  • SEO;
  • anúncios pagos;
  • marketing de conteúdo;
  • postagens redes sociais;
  • acompanhamento dos resultados.

Seguindo as nossas dicas, certamente seu e-commerce começará bem estruturado, aumentando as chances de sucesso. Aproveite o bom momento das vendas online para consolidar seu negócio.

1 comentário em “E-commerce: como começar a criar o seu?

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.