Tendências do mercado automotivo

O mercado automotivo está a todo vapor. Os consumidores estão se adaptando à nova realidade imposta pela crise sanitária e as tendências estão se tornando realidade no mercado brasileiro. Mesmo com produção desacelerada, as montadoras continuam apostando em inovação para seguir conquistando clientes.

Comprar carro online nunca foi tão fácil. O mercado de seminovos vem crescendo no país, impulsionado por recursos tecnológicos, preço e claro, pelas novas tendências do mercado.

Um dos setores que mais passaram por mudanças nos últimos dois anos foi o de mobilidade urbana. O modo de se locomover das pessoas tem mudado bastante. Para se ter uma ideia, 36% das pessoas passaram a usar menos transporte público, segundo a plataforma Moovit.

As pessoas têm escolhido comprar um carro próprio para se locomover nas grandes cidades como uma forma de se proteger e cumprir as restrições da pandemia. Com isso, a indústria automotiva tem lucrado com o mercado de seminovos, veículos mais buscados.

Um relatório da Fenauto (Federação Nacional dos Revendedores de Veículos Automotores) mostra que as vendas de seminovos no primeiro semestre de 2021 superaram o volume de vendas de 2019, com quase 60 mil veículos vendidos no período. Além desta, há algumas outras tendências do setor automotivo que foram aceleradas no último ano. Confira!

Vendas online

A internet tem sido o principal meio de vendas de carros em 2021. Se antes o cliente preferia ir à loja para ver o veículo de perto e fazer um test drive, agora ele faz a compra pela internet.

Com isso, as concessionárias e revendedoras estão buscando formas de ter um e-commerce interativo para proporcionar uma experiência diferenciada a seus clientes. Essa é uma das principais tendências do mercado automotivo em 2021.

“Mais de 75% dos negócios já são oriundos de plataformas digitais e mais de 40% dos contatos se iniciam pelo WhatsApp. Realmente é uma mudança de comportamento muito forte do consumidor” ressalta Flávio Maia, diretor comercial da AutoMAIA Veículos, em entrevista ao portal Estado de Minas.

Um relatório sobre as tendências no mundo pós-pandemia, produzido pelo The Economist, mostra que 50% das lojas físicas fecharão nos próximos 20 anos, o que significa que o setor automotivo precisa inovar no atendimento online para seguir vendendo nos próximos anos. Com isso, empresas do setor já focam na necessidade da digitalização dos processos e redução da infraestrutura presencial.

Sustentabilidade em alta

A sustentabilidade é uma das principais pautas do século 21 e o setor automotivo é um dos maiores responsáveis pela cooperação com o meio ambiente. Com isso, uma tendência de mercado é a aposta em ações, equipamentos e veículos sustentáveis, como o investimento em carros elétricos e a compra de peças remanufaturadas.

Veículos autônomos, serviços e produtos ecológicos também devem ser impulsionados nos próximos anos. A indústria automotiva será bastante cobrada para diminuir a emissão de gases poluentes, o que deve acelerar a busca pela sustentabilidade no setor.

Carro por assinatura

Com um mercado fortemente impactado pela crise, o preço de carros 0 km subiu por conta desvalorização do real em relação ao dólar. Com isso, muitas pessoas têm optado por um novo modelo de negócio que cresceu em 2021, o serviço de aluguel de carros.

Se antes era possível alugar um veículo por alguns dias para fazer uma viagem, agora é possível contratar um carro por um contrato mais longo. A modalidade de carros por assinatura oferece aluguel anual de veículo por um valor fixo mensal.

Muitas empresas estão apostando na área, que se tornou uma das tendências do setor automotivo. Nessa modalidade, o motorista pode ter um carro 0 Km por um longo período, com custos adicionais (IPVA, manutenção, entre outros) incluídos no plano e parcelas mais baratas que um financiamento. Estas são algumas das principais tendências do setor automotivo para os próximos anos. Como um dos segmentos mais afetados pela pandemia, a indústria automobilística busca se reinventar apostando na inovação como orientadora dos negócios.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.